[Especial] Dia dos Pais 2017



Assim como no Dia das Mães o blog Coisas da Vida traz nesse 13 de agosto um post especial em homenagem ao Dia dos Pais, mas você sabe o porquê dessa comemoração?

Há muitos anos atrás, em 19 de junho de 1909, Sonora Louis Dodd, que morava em Spokane, no estado de Washington, resolveu homenagear William Jackson Smart, veterano da Guerra Civil Americana, que após a morte da esposa precisou criar os filhos sozinho. Essa atitude de Sonora se alastrou por toda a cidade, ultrapassando as fronteiras e sendo comemorado por todos os Estados Unidos em 19 de junho de 1910. Porém, anos mais tarde, em 1972, o então presidente Richard Nixon oficializou o terceiro domingo de junho como dia para a comemoração do dia dos pais sendo imitado por diversos países do Ocidente.

Andando ao contrário da grande potência norte-americana, o Brasil não teve como grande incentivador o sentimento de homenagem, mas sim a partir do interesse social e comercial do publicitário Sylvio Bhering. Em 16 de agosto de 1953, em uma tentativa de associar a data ao dia de São Joaquim, pai de Maria, mãe de Jesus Cristo, o Dia dos Pais foi celebrado pela primeira vez no nosso país, mas nos anos seguintes a data foi modificada ficando para o segundo domingo do mês de agosto.

Anos se passaram desde que a primeira comemoração aconteceu e de lá para cá muita coisa mudou, a sociedade tem se transformado, o modo de pensar já não é mais o mesmo em muitos aspectos, mas a demonstração de amor ainda é indispensável para qualquer relacionamento que venhamos construir e manter.
Pensando por esse lado quero que você reflita sobre o amor paterno, sobre a figura de um pai, o que seria sem ele? Teria aprendido sobre os desafios da vida? Teria sobrevivido sem os conselhos de um pai que consegue prever o futuro por já tê-lo experimentado? Você retribui esse cuidado?
Algumas pessoas já não têm pai e ao conversarmos com elas vemos o quanto são carente dessa companhia, outras, por sua vez, desvalorizam tal privilégio, não dão a devida importância, o merecido respeito. Que tal mudarmos isso a partir de hoje? Não pense em formas de presentear, não pense nos objetos valiosos que pode dar, pense no que pode dizer, naquilo que nunca declarou, mas que ainda pode declarar. Pense em demonstrar todo o seu carinho, em exibir todo o seu amor, não existe presente melhor do que palavras de gratidão em nossa homenagem.

Se você, por algum motivo, já não tem o pai ao seu lado, encontre no seu convívio aquele que vê por figura paterna, declare a esse alguém tudo o que sente e o quanto ele significa em sua vida.

Ser pai é educar com seriedade, mas amar com doçura; ser rígido na hora certa, mas um grande amigo nas horas de dificuldade.


Um feliz dia dos pais!

Comentários

  1. Nossa! Não sabia dessa história. Que legal! Acho que os pais vêm ganhando mais respeito, participando cada vez mais ativa e afetivamente da criação dos filhos. Sorte dessas novas gerações. hehhe

    bjs!
    Dani, do Blog Sabe o que é?
    http://sabeoque.blogspot.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sinta-se livre para comentar!

Postagens mais visitadas deste blog

"Amar é mudar a alma de casa"

Aflições na Alma

A Brevidade da Vida