A Brevidade da Vida



Os dias parecem passar como se tivessem menos do que vinte e quatro horas; o relógio parece não obedecer mais aos sessenta segundos para que marque um minuto; o calendário parece não representar mais os 365 ou 366 dias do ano. Deitamos e acordamos e logo estamos nos deitando novamente.

A vida da maioria de nós tem sido essa brevidade, tem passado como se nem ao menos notássemos, tem voado como um foguete. Sentimo-nos constantemente apressados demais, atarefados demais, sem tempo para coisa alguma. Preocupamo-nos em demasia com o futuro, vivemos o hoje pensando no amanhã, nem ao menos nos damos um tempo.

Os dias não estão mais curtos e nem o relógio está com defeito, somos nós o problema; somos nós que nos esquecemos de viver; somos nós que nos ocupamos demais com o porvir e deixamos de lado os prazeres do agora; somos nós os apressados.

E o tempo não para.
Parece correr.

Quando damos conta já estamos velhos, cansados pela correria, afligidos pela brevidade do viver; sentimos a falta de algo, ainda não estamos satisfeitos e aí damos conta de que o quanto que corremos foi ainda insuficiente para aquilo que realmente queríamos conquistar, nossa felicidade, a qual poderia ser encontrada logo ali, no agora.

“O amanhã a Deus pertence”. Quantas vezes já ouvimos essa frase? E ainda continuaremos a ouvir, pois é rica em sabedoria.

É claro, não devemos deixar nossas responsabilidades com o futuro para depois, o agora também foi feito para isso, dou ênfase ao “também foi feito para isso”. A principal razão do agora é ser vivido, sentido e usufruído ao máximo: aproveite os seus amigos agora, depois eles poderão já não estar disponíveis; viva com os seus filhos no agora, depois eles já estarão grandes; cuide do amor da sua vida agora, depois o encanto pode se quebrar; cuide da sua saúde física e mental agora, depois pode o hospital não poder fazer nada.


Viva o agora, preocupe-se menos com o depois, não deixe que a brevidade da vida o consuma segundo após segundo.

Um forte abraço,
E até mais!

Comentários

  1. Heeya, amei o texto e concordo plenamente com ele :)
    Besitos,
    http://i-dreamer-girl.blogspot.pt/2017/08/5-paises-que-tenho-o-sonho-de-visitar.html

    ResponderExcluir
  2. ola tudo bem ?
    otima reflexão " viver intensamente o hoje" pois a vida passa em um triz .
    Bjssss

    ResponderExcluir
  3. Viver intensamente o presente todos os dias . Acredito que essa seja a chave da verdadeira felicidade <3 . Parabéeens pela reflexão!

    ResponderExcluir
  4. "A vida é um trem bala parceiro" já se diz a musica, vamos viver mais intensamente...

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde, como vai? Gostei bastante do seu texto, me parece ter um belo tema, pois você abordou, ja que citou em seu texto foi bem exato, e reamente nao podemos deixar as nossas coisa para fazer depois, pois nem sempre sabemos o que vai acontecer

    ResponderExcluir
  6. Oi gostei muito do seu texto não gosto de deixar pra fazer as coisas pra depois pois acabo não fazendo nem sabemos o que pode acontecer

    ResponderExcluir
  7. olá!
    Seu texto é maravilhoso, concordo plenamente com você e me identifiquei com tudo que você escreveu.
    Infelizmente vivemos sempre na pressa, almejando o amanhã e esquecendo de viver, quando percebemos realmente perdemos muitas coisas boas que passaram despercebidas!
    Parabéns, adorei seu post!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Ola Tudo bem?
    Gostei muito do seu texto é maravilhoso, Viver intensamente todos os dias e a chave da verdadeira felicidade. Ótima reflexão! Parabéns.
    Abraços

    ResponderExcluir
  9. "Viva o agora, preocupe-se menos com o depois, não deixe que a brevidade da vida o consuma segundo após segundo"
    Como diz um livro que eu amo, já basta cada dia o seu mal.
    A vida é realmente breve demais para ocuparmos o tempo com preocupações, tristezas, ansiedade...
    Ótimo post, parabéns ♥

    ResponderExcluir
  10. Super concordo com seu texto! Infelizmente desde cedo somos ensinados a viver em um ritmo absurdamente frenético. Aos 18 já sentimos que precisamos conquistar o mundo, termos casa e carro próprio. Nós esquecemos de viver o dia a dia, de sentir o vento na pele, esquecemos de coisas simples e isso é um pecado =\ pois de fato a vida passa num piscar! Muito bom e bonito seu texto, ótima reflexão

    ResponderExcluir
  11. Lindo texto reflexivo, palavras muito bem ditas e verdadeiras. A Ansiedade é o mal do século, vivemos por antecipação dos fatos, esquecemos o presente e quando demos por si, já passou como vc bem disse! Texto profundo e impactante! Muito verdadeiro!

    ResponderExcluir
  12. Otima reflexão , o tempo é sempre um paradoxo maluco , dificil de lidar ...
    sou super ansiosa e quero sempre dominar o tempo , me identifiquei bastante com o texto

    ResponderExcluir
  13. Uau, como eu me identifiquei em seu texto. Eu preciso sair viajar, fazer algumas coisas que ainda não fiz, mas às vezes não podemos por causa de nossas condições, mas sempre que está ao meu alcance não gosto muito de deixar para amanhã para mais tarde, eu não ter que mudar de ideia.

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Essa é uma das reflexões mais verdadeiras que ja vi, o tempo parece passar muito rápido, correr e quando vemos não aproveitamos nada. E tenho muito medo disso, de chegar em algum ponto da minha vida e perceber que só fiz correr e não me divertir. Mas enquanto tiver dia, posso tentar aproveitar mais!

    Grande beijo e parabéns!

    ResponderExcluir
  15. Este é daqueles textos que nos fazem pensar;
    O tempo não é nosso amigo, nunca foi e nunca será!
    Temos de aproveitar enquanto podemos, bj

    ResponderExcluir
  16. Oie tudo bem? Eu adorei seu texto nos faz pensar quanta coisa deixamos para "amanhã" sendo que poderiamos fazer hj sem medo, uma bela reflexão seu texto, temos que dar valor agora e não depois. Sucesso, beijos

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Amei seu texto, nos faz refletir bastante sobre tudo.
    Eu tento fazer tudo sempre no "hoje" e não deixar nada para amanhã, justamente por causa disso.

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bem?

    Adorei o seu texto, pois ele contém muita sabedoria em todos os sentidos. É realmente comum sentirmos esta sensação de que o tempo simplesmente está voando e de quem não o sentimos, é como se fôssemos apenas um borrão passando junto a vida. Temos que viver mais o presente mesmo, sem tantas cobranças e tantos "e se". Adorei!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. por isso que eu digo que a gente tem que parar de se importar com picuinhas, aborrecimentos desnecessários e viver mais!
    Se não a vida passa e a gente diz que não viveu nada!

    ResponderExcluir
  20. Oi, tudo bem? Grande parte das pessoas passa a vida se preocupando com o futuro ou remoendo coisas que aconteceram no passado. É difícil encontrar alguém que esteja totalmente focado no presente e aproveite as oportunidades que aparecem diariamente. É um exercício que exige muito de nós. Ótimo texto. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  21. Oi,
    Pois é o tempo está passando rápido de mais, muitos tem uma rotina tão corrida de trabalho e casa que nem percebem os minutos se passando, temos que fazer o que tanto queremos no agora sem pensar muito para depois. Gostei bjs!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sinta-se livre para comentar!

Postagens mais visitadas deste blog

"Amar é mudar a alma de casa"

Aflições na Alma

Flores aos mortos

[Conto] Eternizados Pelo Amor