Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2017

[WebSérie] Romântico Anônimo - Capítulo 18

Imagem
Capítulo 18
Poucos dias depois...
Era sexta-feira, o final de semana já exalava o seu cheiro, mas ainda tinha um dia inteiro a ser enfrentado. Júlia continuava naquela perturbação de espírito, ainda se sentia desamparada em um mundo tão cheio, as coisas perdiam o brilho gradativamente e com isso a vontade de viver. Porém, naquela manhã ensolarada, a garota despertou com uma vontade enorme de mudar as coisas, já decidida sobre qual seria o seu primeiro passo: conquistar o perdão. Durante todo o primeiro bloco de aula observou com atenção aqueles com os quais se redimiria, eram unidos, ajudavam-se, não pareciam ter problemas e nem dificuldades, exibiam a beleza de uma amizade verdadeira, uma amizade regada pelo amor. O sinal para o intervalo tocou. Era o momento. Mas a jovem não tinha coragem suficiente, imaginava que seria ignorada mais uma vez ou até mesmo ridicularizada, ofendida. Pelo comportamento que teve ela sabia que era aquilo o que merecia. Reuniu as forças e antes que o trio saíss…

[WebSérie] Romântico Anônimo - Capítulo 17

Imagem
Capítulo 17
A cada sorriso tímido ou aberto, a cada toque suave e a cada beijo inocente que recebia no rosto Gustavo se sentia ainda mais apaixonado pela garota dos olhos azuis, era inexplicável o motivo, mas ele não se preocupava em encontrar explicações, concentrava-se em viver todas aquelas sensações. Com Gabriela as coisas não eram diferentes, perceber a importância que tinha para o rapaz era como se sentir a única no mundo, ser tão bem cuidada pelo amigo a fazia se sentir especial, de fato era. Dentre tantos sentimentos o desejo em declarar a verdade pela qual seu peito clamava se sobressaía, mas era acompanhado pelo medo de afastar uma amizade tão incrível. Na praça de alimentação do shopping o futuro pediatra ajudou, como um verdadeiro cavalheiro, a jovem adolescente se sentar, os olhos atentos que a sua volta os observavam se enchiam de esperanças quanto às pessoas de nobres corações. A garota já não tinha mais vergonha em se servir, pelo menos perto de Gustavo o receio ia para b…

[WebSérie] Romântico Anônimo - Capítulo 16

Imagem
Capítulo 16
Rui era um homem arrogante que forçava as coisas a saírem do seu jeito. Seu modo descontrolado de agir já fora responsável pelo afastamento de muita gente, inclusive o da sua filha. Em parte seu nervosismo se devia ao uso constante de bebidas que o dono de uma rede de supermercados fazia, se os seus negócios não estavam falidos os principais responsáveis eram aqueles que por ele trabalhavam. Levar um tapa na cara de uma mulher era muita humilhação para Rui, algo que ele não engoliria tão simplesmente, é claro que daria o seu troco. — Ordinária! — alçando a voz ao máximo o homem pegou Fátima pelos braços arrastando-a para dentro com violência, seus olhos exibiam toda a sua fúria — Quem pensa que é? Com quem pensa que está falando?! — esbravejando ele chacoalhava a mulher que se assustava com tanta agressividade. — Pai! Chega! — Júlia não controlava as lágrimas de desespero que rolavam pelo seu rosto, tentou afastar as duas pessoas, mas em vão, seu pai a empurrou covardemente. E…

Suicídio

Imagem
O que você acha de alguém que tira a própria vida? Qual a sua opinião sobre o cometer suicídio? Muitos acreditam que é fraqueza, outros classificam como “querer chamar a atenção” e tem ainda os que tornam as vítimas em criminosos, pessoas repugnantes, que não merecem condolências. A verdade é que as pessoas não param para pensar que podem ser as causadoras disso, que podem ser as responsáveis pela “fraqueza” de alguém. Todos que poderiam ter feito algo além de julgar ou criticar é responsável pelo suicídio. Já analisou dessa forma?
Quais podem ser os motivos que levam um suicida ao ato final? Solidão, depressão, opressão, ser mais criticado do que elogiado, ser duramente condenado ao invés de ajudado, não encontrar apoio naqueles que mais procura, não achar palavras de conforto através daqueles nos quais muito procura. O suicida não acorda em um belo dia de sol ou triste dia de chuva decidido a tirar a própria vida, em fazer o mal para si mesmo, é uma série de ações que levam à reação.
Com…

Que a gente saiba florir, onde a vida nos plantar!

Imagem
No post de hoje trago essa nobre reflexão de Rosi Coelho, da qual podemos interpretar tantas coisas, coisas que auxiliam a nossa experiência no privilégio de viver.
“Que a gente saiba florir, Onde a vida nos plantar”
O ser humano possui um enorme defeito que perdura gerações: o egoísmo, o individualismo, ou ainda, o egocentrismo. Sentimento no qual o “eu” se manifesta como mais importante, no qual somente o “eu” importa e tudo que se quer é para a satisfação do “eu”. O egoísmo, em sua essência, é um sentimento separatista, tema para outro post.
Queremos aquilo e ponto final, nada mais nos satisfaz, nada mais nos cativa, queremos somente aquilo, aquilo que nem nos dá bola, que nem nos dá atenção, aquilo que pouco se importa com a nossa querência, que às vezes nem se interessa por nossa existência. Por causa dessa errônea atitude deixamos de deslumbrar as demais rosas do jardim, deixamos de conhecer algo que nos complete, deixamos de viver uma história digna de ser contada pelos quatro cant…

[WebSérie] Romântico Anônimo - Capítulo 15

Imagem
Capítulo 15
Uma nova semana se iniciava na Cidade da Paz, onde o dia amanhecia com a sinfonia dos pássaros e o balançar da brisa sobre as muitas árvores espalhadas pelo lugar; seus moradores tinham motivo para caminharem rumo aos compromissos cantarolando canções tão tradicionais. Júlia, porém, submersa naquele mundo que cercava sua mente, cheio, cheio de sombras e incertezas, não conseguia ver alegria em começar um novo dia, em alguns momentos a ideia de não existir a agradava, já estava cansada da aproximação de terceiros cercada por interesse, estava cansada de fingimentos, cansada de não ter pessoas sinceras em sua vida e, talvez o que mais a sufocava, cansada de não encontrar respostas para os angustiantes porquês que apenas cresciam em seu peito. Mas a garota estava decidida a mudar. Precisava mudar. Após a conversa com Flávia viu que fugir dos problemas não é uma atitude sensata, já que em determinado ponto do caminho o reencontro é inevitável e eles estarão ainda mais fortes. El…