[WebSérie] Sombras do Passado - Capítulo 23



Um Doce Pedido


“O que seria dos corações entristecidos sem uma história de amor que os confortasse? O que seria do mundo sem amor? Talvez seja ele a razão de tudo”.

Quando se ama o meio desejo de nossos pobres corações é estar ao lado da pessoa amada, não importa a hora, a condição e nem mesmo o lugar, o que importa de verdade é apenas a presença daquele ou daquela que tanto queremos em nossas vidas.
Quando se ama é normal aquele jeito bobo dos olhares se encontrarem, dos sorrisos serem dados, das palavras soltas ao vento às vezes sem sentido, mas o suficiente para que os amantes se contentam ainda mais.
Quando se ama não existe o certo ou o errado, o feio ou o bonito, o rico ou o pobre... Quando verdadeiramente se ama esses valores não passam de questões do mundo físico, o que importa de verdade é apenas o que a alma vê o coração sente, é o que mantém duas pessoas apaixonadas presas uma na outra. Não existe a paixão passageira, temporal, mas sim uma paixão avassaladora, eternal.
Dizem que alma gêmea não existe, que o amor verdadeiro é fruto da imaginação, que a paixão sem limites não passa de um conto de fadas, pensamentos tidos por aqueles que só agem com a razão e não com a emoção. Dizem que pessoas se apaixonaram é coincidência da ocasião, mas na verdade se trata do encontro entre almas que foram feitas uma para outra. Não acredita? Como se pode explicar o casamento vencedor de brigas e contratempos que se mantém em pé após anos de consumação? Se não fosse encontro entre almas, sem um casal se manteria unido por tanto tempo, é impossível.

Renata e Jonas se encontraram por um acaso naquele parque quando a história de ambos finalmente teve início. Naquele encontro houve também o choque entre almas predestinadas a se encontraram. Esse choque soltou uma faísca. Essa faísca acendeu um fogo. O fogo do amor.
Ambos necessitavam da presença um do outro, eram seus corações clamando por isso, só assim poderiam se aquietar. Naquela noite de primavera marcada pela suave brisa que soprava sobre a terra, o casal apaixonado estava de volta ao parque que dividiu águas em suas vidas, o parque que nunca poderia, e nem seria, esquecido.
O rapaz apaixonado reservou um canto especial do lugar e o preparou para receber aquela que conquistou o seu viver. As árvores ao seu redor, iluminadas por luzes especiais, eram enfeitadas por placas que continham dizeres saídos do coração. Uma mesa dourada ao centro era coberta por uma toalha de cetim violeta, sobre a qual velas acesas liberavam um doce perfume. Na mente de Jonas o lugar estava decorado tendo Renata como inspiração: suavidade, delicadeza, doçura eram coisas que precisavam de destaque.
— Nunca fui fã de surpresas — a estilista estava ansiosa por descobrir o que seu namorado lhe preparara.
— Garanto que não vai se frustrar.
O casal se encontrava na entrada do parque, onde o rapaz vendou os olhos da moça e a guiou até o local de importante segredo.
— O cheiro é reconfortante — a mulher comentou.
— É isso que o simples fato de ouvir a sua voz causa em meu peito — o jovem consultor não poupava declarações.
— Já posso ver?
— Ainda não.
Ajudando Renata a se sentar em uma das cadeiras também decoradas, Jonas deu sequência ao seu discurso:
— Antes quero que saiba que tudo o que fiz foi pensando em você, pensando no seu jeito, pensando no que realmente significa na minha vida, pensando no quanto a amo...
Tendo os seus olhos descobertos a estilista se encantou pela forma como tudo estava organizado. Admirou-se ao ver tantas fotos suas espalhadas pela mesa ao redor de um letreiro que dizia “para a mais bela das mulheres”.
Seus olhos lacrimejantes focaram nas tantas árvores que ali rodeavam e sua boca falou aquilo que lia pelas placas:
— Eu te amo de uma forma que não sei explicar, de um jeito indescritível... Na primeira vez que a vi meu coração acelerou, seu desejo era pular em suas mãos, hoje ele está contente por tê-la como sua rainha... O verdadeiro significado do verbo amar foi você quem me deu e, em resumo, quer dizer a necessidade de estar sempre ao seu lado — a cada leitura seu peito inflava mais, era a paixão que o preenchia —. Poderia dizer milhões de palavras, mas nada disso seria suficiente, dizer que já não consigo viver sem você é uma boa maneira de se encerrar?
Renata não continha as lágrimas, toda a emoção que sentia era resplandecida.
— E o que achou? Não sei usar muito bem as palavras, mas foi o que consegui...
— Tudo o que escreveu deixou a mim sem ter o que dizer, não há palavras que possam expressar tudo aquilo que estou sentindo — levantando-se a estilista se colocou perante o rapaz, pegou em  suas mãos, prendeu os seus olhares e continuou: — Sombras me cercavam, dificultavam a minha visão, prendiam-me a tristezas profundas e medos descabíveis, mas a sua luz dissipou tais sombras, devolveu-me a visão e encontrei o que posso chamar de amor da minha vida... Hoje estou presa no seu amor, posso dizer com toda a certeza que essa é a melhor prisão de toda a minha existência.
Jonas se controlou para não beijar a namorada, queria deixar os melhores momentos daquela noite especial para o final. Renata queria um beijo, sua carne clamava por aquilo, mas não o teve, o que lhe restava era aguardar por cada segundo dos próximos minutos.
Sentando-se com  a moça o rapaz tilintou o sino e por entre as árvores um simpático garçom surgiu trazendo o jantar de ambos, que enquanto comiam possuíam um brilho característico do amor no olhar, resultado do que a simples presença de um para o outro significava.
— Gostou?
— Estava ótimo...
— Se eu disse que as surpresas ainda não terminaram será muito abuso da sua paciência? — o sorriso do rapaz era travesso.
— Será muito abuso ao meu coração em ser açoitado por tanto amor.
— Eu não diria açoitado, mas sim abrasado.
Com apenas um estalar de dedos Jonas chamou para junto deles violinistas, flautistas e saxofonistas. Juntando-se a eles o homem apaixonado fez sua última homenagem.

Eu tenho tanto pra lhe falar
Mas com palavras não sei dizer
Como é grande o meu amor por você

Sua interpretação era única, original.

E não há nada pra comparar
Para poder lhe explicar
Como é grande o meu amor por você

O sorriso de Renata era como de uma adolescente apaixonada ao conversar com aquele garoto em especial, aquele garoto que a faz sentir as pernas bambas, as mãos frias e borboletas no estômago.

Nem mesmo o céu, nem as estrelas
Nem mesmo o mar e o infinito
Não é maior que o meu amor, nem mais bonito

Jonas não cantava aquilo como uma simples música, mas sim como algo que saía direto de seu coração, ou melhor, de sua alma sedenta pelo amor daquela mulher.

Me desespero a procurar
Alguma forma de lhe falar
Como é grande o meu amor por você

As lágrimas sentimentais da estilista rolaram.

Nunca se esqueça nem um segundo
Que eu tenho o amor maior do mundo
Como é grande o meu amor por você

O jovem consultor encerrou sua serenata de joelhos.

Renata se apaixonou ainda mais por aquele cantor apaixonado que, sobre o seu julgamento, tinha a mais linda voz do mundo. Realmente o rapaz tinha um dom para a coisa.
Colocando a estilista em pé e agora de joelhos perante a sua amada, Jonas deu início ao seu discurso:
— Acho que já perdemos tempo demais ao demorarmos tanto para nos encontrar, meu maior desejo é recuperar cada segundo da minha vida que não a amei, cada instante do meu viver que não a tive ao meu lado, cada momento da minha existência que não olhei para o mais perfeito dos rostos... — com uma caixinha preta enfeitada com fitas de cetim dourada em mãos o jovem apaixonado continuou a falar enquanto abria o objeto: — É por tanto amá-la que faço que o meu pedido, aceita se casar com esse louco apaixonado, sedento pelo seu amor?
As lágrimas rolavam mais intensamente, a voz parecia falhar, mas mesmo com dificuldade soou:
— É tudo o que mais quero...
Com tamanho sorriso de satisfação dominando o seu rosto Jonas colocou o anel no dedo de sua noiva. Sentindo o coração pulsar ferozmente em seu peito Renata, enquanto irradiava o brilho do olhar, colocou o outro anel no dedo do noivo selando, assim, o início de novos tempos.
Uma melodia suave tocava ao fundo.
Erguendo a cabeça de sua noiva para que os olhos se encontrassem o rapaz tirou uma mecha de cabelo de sobre os olhos da moça, passeou o indicador pela bochecha rosada e com aquela sede da paixão uniu os lábios que tanto se desejavam, as línguas batalhavam harmoniosamente, o sabor lascivo extasiava as almas amantes.

Dizia Luiz Camões que o amor é um fogo que arde sem se ver, esse amor ardia no peito daquele casal rendido à chama da paixão.

~~~~~~~~~~~~~~~~~
No próximo capítulo:

— Eu avisei que seria um erro apresentar as peças, são praticamente as mesas do verão passado, que foram as mesas de sempre — Jonas respondeu friamente —. Também avisei que precisávamos inovar, ampliar o nosso horizonte, mas ninguém me ouviu, agora vejo que já é tarde.
— Vamos inovar, filho, vamos seguir o seu pensamento! — o desespero assolava a estilista —. Ajude-me a salvar a nossa empresa!
Observando com atenção aquela a mulher por alguns segundos o rapaz quebrou o seu silêncio:
— Talvez seja tarde demais...

De segunda à sexta, às 19h30!

P.S.: Sim, sou fã do Roberto Carlos :)

Comentários

  1. Quando eu terminei de ler alguns posts o meu pensamento sobre O Coisas Da Vida foi: MEU DEUS, COMO EU NÃO HAVIA CONHECIDO ESSE BLOG ANTES ??? WHAT? :O
    Gente, que amor! ♥ Eu amei a tua escrita.
    Não gosto de séries (sou quase uma alien nessa era), mas amo web séries (estou terminando de ler "Porque os garotos só pensam naquilo"). Só posso dizer que realmente amei. <3
    Blog M E R A K I

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que tem gostado, será muito bem vinda sempre que puder voltar! 😊

      Excluir

Postar um comentário

Sinta-se livre para comentar!

Siga o blog pelo Instagram:

Postagens mais visitadas deste blog

"Amar é mudar a alma de casa"

A Brevidade da Vida

Aflições na Alma

Flores aos mortos

[Conto] Eternizados Pelo Amor