[WebSérie] Sombras do Passado - Capítulo 19



Amor


“Amor é um sentimento extraordinariamente confuso, complexo demais para a simplicidade humana. Causador de dúvidas, medos e anseios é o alimento da alma, ela precisa ser amada para continuar viva”.

Um novo dia se iniciou. O sol já raiava esbanjando simpatia, os pássaros cantarolavam as músicas produzidas pela natureza e a leve brisa da manhã tocava os pés de Renata, que acordou sentindo as cócegas do vento.
Enquanto admirava o céu azul pela janela do seu quarto a estilista ouviu o tilintar da campainha. Surpresa por ainda tão cedo alguém já lhe procurar a mulher logo foi atender. Abrindo a porta de seu apartamento não viu ninguém, mas ao levar os olhos até o chão se encheu de alegria; à sua espera uma cesta de café da manhã recheada com as mais apetitosas guloseimas tinha ao seu lado um formoso buquê de rosas, ambos os presentes muito bem decorados.
Com um sorriso perfeito desenhado no rosto Renata olhou ao redor em busca de pistas para descobrir quem seria tão gentil pessoa, mas nem precisava, seu coração pulsando de contentamento já denunciava. Sem mais delongas a mulher recolheu os mimos e, suspirando, voltou para dentro.

Apreciando um dos chocolates que encontrara na estilosa cesta a estilista analisou melhor o arranjo das flores, o qual lhe impressionava pelo quão bem fora decorado, mas não tanto quanto o cartão que em seu interior era guardado.

Acordei logo cedo pensando em você, o que tem se tornado rotina, na verdade meu pensamento é invadido vinte e quatro horas por dia pelo seu olhar, seu sorriso, seu rosto, seu modo de rir, de me encarar, de andar... Até mesmo nos meus sonhos sua constante presença lá está, deixando-me cada vez mais apaixonado por alguém tão especial.
Com tantos sentimentos me acompanhando o desejo por cuidar de você, por demonstrar o quão importante é para mim apenas aumenta em meu peito... Se pudesse estaria a cada segundo ao seu lado, envolvendo-a em meus braços em um gesto de segurança.
Enquanto o tempo e a distância nos mantém separados, nosso amor une nossas almas... Apenas saber que está viva e que me privilegia com a sua presença já me sinto confortado, porém ainda assim não é suficiente, preciso mostrar o que apenas o meu coração sabe... Pode parecer que não, mas eu preparei tudo, cada detalhe foi feito pensado em você...
Para sempre vou te amar...
Jonas

Ao ler o nome do autor de tão sábias palavras Renata deixou que seu emotivo coração se manifestasse, uma lágrima de alegria rolou de seu olho marcando o seu trajeto pelo delicado rosto. Abraçando o cartão como se abraçasse aquele que o escrevera a apaixonada mulher soltou as palavras ao vento:
— Também para sempre o amarei...
Embriagada por estar se sentindo amada a estilista não ouviu Jéssica lhe chamar pelo nome, a qual precisou aumentar a voz para tirar uma sonhadora de seu devaneio.
— Desculpe-me, estava pensando em Jonas...
— Nem precisa me dizer que foi ele quem preparou tudo isso — a modelo se espantou com tanto capricho —. Viu só? Está mesmo apaixonado...
— Consegue imaginar o quão bem estou me sentindo? Fui presenteada com o amor, existe coisa melhor?
— Não vejo o amor da mesma forma que o descreve — Jéssica respondeu desanimada —. Talvez seja um sentimento passageiro, limitado, ilusório...
Renata, sempre perceptiva, notou que a amiga guardava algum pesado desabafo, algo a agredia. Disposta em lhe ouvir e, assim, cumprir o seu papel de amigo, a estilista levou a modelo ao sofá e fez sua pergunta:
— O que aconteceu? Embora não estejamos juntas há muito tempo, mas já tem sido suficiente para que eu a entendesse. Quero que conte comigo.
Ficando alguns segundos em silêncio para que os seus pensamentos se organizassem Jéssica respondeu:
— Encontrei-me com Eduardo, o meu ex-marido.
— E isso é uma boa coisa?
— Não sei dizer... Quando o vi senti repulsa, ódio, nojo, raiva, sentimentos rancorosos. Enquanto ouvia cada palavra dita as julgava como sendo repletas de mentira e falsidade, mas ao colocar a cabeça no travesseiro lembrei-me de como o amei, do quant0 o considerei, do que ele significava por simplesmente existir e com isso confusões passaram a inundar minha mente — a modelo pausou para tirar uma lágrima dos olhos —. Não sei o que está acontecendo comigo...
— Ainda o ama — Renata afirmou convicta de que estava certa —. Tive o prazer de conhecer tão absurdo sentimento e posso ter certeza de que ainda o ama, embora seja arriscado. Conseguiu ver o arrependimento em seu olhar?
— Suas palavras foram de arrependimento, mas seu olhar de abatimento... Reconheceu sua tolice ao me abandonar e declarou que sou o motivo de sua felicidade, prometeu lutar para me reconquistar, mas tanta decepção transformou esse coração cheio de amor em algo vazio, desacreditado, desesperançado. Não posso confiar em alguém que me fez chorar...
Analisando o que ouviu Renata pensou no que dizer, precisava abrir os olhos daquela que tanto gostava.
— Ele disse que você é o motivo da sua felicidade. E qual é o seu? Conseguiu esquecê-lo durante esses anos? Conseguiu tirá-lo do coração?
— Não... Nunca — as lágrimas começaram a rolar com maior intensidade —. Reencontrá-lo fez com que cada sentimento adormecido despertasse ainda mais forte.
— Uma nova chance não seria ideal?
— Talvez essa aproximação repentina seja por interesse. Ele acabou esquecido pelos grandes times e agora que minha carreira retornou às passarelas ele queira se aproveitar disso.
— Se ele significa de verdade algo em sua vida o coloque contra a parede, faça-o revelar a verdade que apenas o seu interior tem conhecimento. Caso veja que essa aparição é interesseira esqueça-o por definitivo e corra atrás da sua felicidade em um outro alguém, mas se notar que existe sinceridade nessa volta se permita a uma nova oportunidade, uma nova chance de ser feliz com aquele que tanto amou... Apenas mantenha os pés no chão, seja sensata e não se entregue de uma sói vez, vá se entregando aos poucos, conforme o tempo passa e o que está em oculto apareça.
— Você tem razão... Não há ganho sem luta, sem esforço, sem dedicação. Preciso me livrar das sombras do passado e me preparar para o luminoso futuro.
É difícil? Ninguém disse que seria fácil. É arriscado? Quem disse que viver não é um desafio? Porém é possível se livrar das tantas sombras carregadas do passado. É necessário entender que o amanhã é diferente do hoje que é diferente do ontem, que o futuro não imita o passado, que a vida não é um disco travado, ela segue tocando...

*

Naquela manhã de terça-feira os ânimos na Morgan Modas não eram os melhores, a diretoria apresentava à Verônica o sucesso que em apenas um dia de venda a Button Modas alcançara, nas diversas vitrines espalhadas pelo país os produtos da concorrente ganhavam maior destaque enquanto nos estoques restavam apenas os produtos da empresa mais antiga.
— Eu os avisei que precisávamos abandonar essa zona de conforto lastimável e contra-atacarmos enquanto tínhamos tempo — Jonas logo se manifestou, retomando suas mesmas ideias —. Por Deus mantive os meus ideais e trabalhei nesses últimos dias em soluções para os problemas que viríamos enfrentar.
— Não será necessário, guarde suas ideias para você mesmo — Egídio, como de praxe, se opôs ao que o rapaz propunha —. O ser humano é mesmo assim, admira-se com as novidades e acaba alvoroçado, mas enjoa e volta para o que tinha de costume.
— Mãe, abra os olhos desse teu funcionário e o faça enxergar que a hora é agora, se deixarmos para mais tarde será um erro. É assim que o mundo dos negócios funciona.
— Aqui ela é sua chefe, não sua mãe, portanto não deve ceder aos seus caprichos!
— Não quero discussões na minha sala! — Verônica, que até então esteve calada, resolveu mostrar que estava presente —. Talvez seja mesmo o momento de testarmos coisas novas.
— E jogar fora uma fórmula que vem funcionando há anos? — Egídio não queria mudanças, seu comentário causou desconforto nos demais diretores que não viam outra solução a não ser inovação —. Essa foi a empresa do seu talentoso irmão, ele sempre soube como administrar tudo o que teve, é bem óbvio que essa empresa foi criada para um longínquo sucesso, não acha?
— Já estamos desgastados, precisamos mudar a nossa imagem — Jonas insistiu em seus argumentos.
— Manteremos o que fizemos até aqui — a estilista deu o seu ultimato desagradando alguns —. Nosso foco principal é encontrarmos algum modelo de peso, que saiba nos representar.
— Ideias de jovens revolucionários nunca deram certo — Egídio tinha olhar de vitória sobre Jonas —, eles sempre perderam, apanharam, foram excluídos e até mesmo... mortos!

~~~~~~~~~~~~~~
No próximo capítulo:

Correndo pelos corredores iluminados por pouca luz o cativo encontrou a escada que levava à porta secreta, colocando um dos olhos em uma pequena fresta percebeu o vulto de alguém, era a sua esperança:
— SOCORRO!

De segunda à sexta, às 19h30!

Comentários

Siga o blog pelo Instagram:

Postagens mais visitadas deste blog

"Amar é mudar a alma de casa"

A Brevidade da Vida

Aflições na Alma

Flores aos mortos

[Conto] Eternizados Pelo Amor